quarta-feira, 27 de junho de 2012

Atividade - "Gênero Textual"


Esta atividade foi desenvolvida pela cursista Eliana Alencar com 
o cartaz do gênero textual "RECEITA" que ganhou no sorteio da 
Oficina de Gêneros Textuais


RELATÓRIO

        

         
   TRABALHO COM GÊNERO TEXTUAL
Inicie o trabalho apresentando dois cartazes diferentes:
 Um de receita e outro adivinha, e fiz o seguinte questionamento oral:
·         Qual a diferença entre os dois textos?
·         Qual texto é uma receita?
·         Porque o texto que você escolheu é uma receita?
·         O que mais chamou sua atenção?
·         Onde podemos encontrar receitas?
·         Todos têm condições de preparar receitas?Por quê?
·         A receita é dividida em duas partes: “Ingredientes” e “Modo de preparar”;
·         Na parte dos “ingredientes” descreve-se os elementos que são usados;
·         A quantidade é indicada em número;
·         As medidas são as que usamos na cozinha?Por exemplo:colher, copo,xícara,etc.
Expliquei também que o modo de preparar são ações que precisamos fazer, ou seja, como fazer;
·         Orientar que a estrutura da receita culinária deve ser obedecida.
E não poderia deixar de trabalhar um pouquinho com a história do “Brigadeiro” de como surgiu o doce e o nome.
Uma vez mostrada a receita, ensinei passo a passo a maneira mais gostosa de fazer o brigadeiro.
Estimulei a importância da reciclagem das embalagens,e do higiene ao preparar os alimentos.
Depois de passar por todas essas etapas eles puderam comer o doce.
E para finalizar as crianças fizeram atividades de escritas relacionadas a receita.
Foi um trabalho prazeroso e com muito entusiasmo das crianças do 1° ano “A” e “B’’foi um sucesso.
                                                                                        Prof.ª Eliana Alencar

quarta-feira, 20 de junho de 2012



Centro de Estudos em Educação e Linguagem, da Universidade Federal de Pernambuco, disponibiliza em seuwebsite uma relação de 12 livros gratuitos na área deLinguagem.

As publicações abordam diversas maneiras de trabalhar a Linguagem, bem como avaliações, diversidade textual, entre outras opções. Para ter acesso às obras, acesse o site:http://www.ceelufpe.com.br.

Posteriormente, poste aqui, através do sistema de comentários, suas experiências com os livros.

Capacitação na UEPG - Ponta Grossa


Minha querida amiga e companheira Eroni - Balsa Nova

                                                       
     Tânia e Ronise _ Bandeirantes
                                 




Companheira de sempre Salete - Santa Maria do Oeste


                                                
 Dupla sertaneja... Chicotinho e Salto Alto......he he he





       Prof. Sílvia ...querida 

Palestra no mini auditório da UEPG

       Prof. Elisa falando sobre Modos de falar e escrever


    Prof. Gisele contando a história da Porquinha Pirula....ela é ótima!



terça-feira, 5 de junho de 2012


Fascículo 6 - Livro Didático


Hoje iniciamos o estudo do 6º fascículo que se trata de um
assunto que causou muito debate.A aula foi muito proveitosa,
as cursistas participaram muito, deram suas opiniões e lembraram de quando foram alfabetizadas.
 Os encontros estão cada vez melhor! E nossa turma cada vez mais entrosada.Estou muito satisfeita e acho que o curso tem feito a diferença na prática de cada professor cursista.
Mensagem do dia....

O Professor Está Sempre Errado
Quando…
É jovem, não tem experiência.
É velho, está superado.
Não tem automóvel, é um coitado.
Tem automóvel, chora de barriga cheia.
Fala em voz alta, vive gritando.
Fala em tom normal, ninguém escuta.
Não falta às aulas, é um “Caxias”.
Precisa faltar, é turista.
Conversa com os outros professores, está “malhando” os alunos.
Não conversa, é um desligado.
Dá muita matéria, não tem dó dos alunos.
Dá pouca matéria, não prepara os alunos.
Brinca com a turma, é metido a engraçado.
Não brinca com a turma, é um chato.
Chama à atenção, é um grosso.
Não chama à atenção, não sabe se impor.
A prova é longa, não dá tempo.
A prova é curta, tira as chances do aluno.
Escreve muito, não explica.
Explica muito, o caderno não tem nada.
Fala corretamente, ninguém entende.
Fala a língua do aluno, não tem vocabulário.
Exige, é rude.
Elogia, é debochado.
O aluno é reprovado, é perseguição.
O aluno é aprovado, deu mole.
É, o professor está sempre errado mas, se
você conseguiu ler até aqui, agradeça a ele!

Logo depois da mensagem desenvolvemos a Dinâmica Cantada


Dinâmica Cantada

1-Quando pensei em ser professor, o que aconteceu? 

2- Ao encontrar alunos com dificuldades, o que disse?

3- Quando um aluno me magoou, o que pensei?

4- Mas quando começo minha aula, qual a sensação?

5- Quando os alunos estão desanimados, pelos problemas do dia-a-dia, o que digo?

6- Como reajo às inovações?

7- Ser professor é?

8- E quando quero descobrir se estou no caminho certo...

*******************************

Respostas: (cantadas pelos professores)


1- Os sonhos mais lindos sonhei! De quimeras mil, um castelo ergui.

2- Levanta, sacode a poeira e dá volta por cima.

3- Ainda vai levar um tempo pra fechar o que feriu por dentro. É natural que seja assim, tanto pra você quanto pra mim.

4- Quando eu estou aqui, eu vivo este momento lindo. Olhando pra você e as mesmas emoções sentindo.

5- Canta, canta minha gente deixa a tristeza pra lá. Canta forte canta alto que a vida vai melhorar.

6- Tudo que se vê não é, igual ao que a gente viu a um segundo. Tudo muda o tempo todo no mundo. Não adianta fugir, nem mentir pra si mesmo, agora, há tanta vida lá fora. Aqui dentro sempre como uma onda no mar...

7- Viver e não ter a vergonha de ser feliz. Cantar, cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz. Eu sei que a vida devia ser bem melhor s será. Mas isso não impede que eu repita: é bonita, é bonita e é bonita.

8- Olho pro céu e vejo uma nuvem branca que vai passando, olho pra terra e vejo uma multidão que vai caminhando. Como essa nuvem branca essa gente não sabe aonde vai. Quem poderá dizer o caminho certo é você MEU PAI. Jesus Cristo, Jesus Cristo, Jesus Cristo eu estou aqui.


Em seguida, desenvolvemos a entrevista proposta no livro ...




As meninas compenetradas fazendo o estudo do fascículo










Fasciculo livro didatico
View more PowerPoint from Celismara Seleguin


Diário do dia 05 de junho de 2012
Cursistas:Rute e Adriana


     O sétimo encontro do Pró-Letramento Linguagem e Alfabetização aconteceu no dia 05 de junho de 2012.
     Nossa tutora Celismara  iniciou a aula lendo um texto muito interessante sobre o "Professor ".
     Em seguida, aplicou uma dinâmica bem divertida, na qual todas se envolveram; a professora fazia perguntas e as alunas respondiam cantando trechos de músicas populares brasileiras.
    Logo após, começamos a trabalhar com o livro de Alfabetização e Linguagem no Fascículo 6 com o tema: O Livro Didático em Sala de Aula.
   Na sequência a tutora preparou a seguinte atividade:
Nomeou uma cursista como jornalista e outras cinco para serem entrevistadas por ela, onde discutiu-se:

  • No tempo que vocês estudavam faziam uso de livros didáticos? Quais?
  • Como se fazia uso deles?
  • Nos dias atuais, está mais fácil ou mais difícil trabalhar com os livros na sala de aula?Por quê?
    Chegou-se a conclusão da importância do livro didático e ressaltando sempre que temos que fazer uso de outros materiais e nos adaptar com as mudanças e , que hoje, queremos alunos ativos na sua aprendizagem .
    Porque temos que formar alunos pensantes, reflexivos, que se tornem de fato, cidadãos críticos, criativos, etc.
   Após esta dinâmica a sala foi dividida em grupos para discussão do conteúdo do livro.
   É necessário que os alunos compreendam os princípios que regem o sistema e com isso possam ser usuários competentes e autônomos da língua escrita.
     A nossa tutora nos apresentou os livros que vieram para a escolha . Cada grupo deu sua opinião, sugestão e realmente foi muito proveitoso a abordagem de cada grupo.


                                   

Oficina de Gêneros Textuais
I N C R Í V E L!!!!!!!!!Esta é a palavra para descrever nosso último encontro,
as cursistas participaram efetivamente , tivemos mensagem, dinâmica,sorteio e 
trocas de experiências .Acho que as cursistas irão aproveitar em sala de aula as várias 
ideias sugeridas na oficina.
O relatório da aula relatório da aula foi escrito pela cursista Adriana Martha, sempre 
disposta a colaborar em tudo que lhe é pedido.
Meninas vocês são 1000!!!!!!!!!

A sala preparada com todo carinho para as cursistas....Elas merecem!!!!!!!!!!!!








                             
                                       E também teve sorteio...elas adoram!!!!!!!!!!!!!





                                 Receita em pedaços para dinamizar nosso encontro....








                     Sorteio dos cartazes para que as cursistas façam uso deles na sala de aula
desenvolvendo as atividades propostas na oficina





E para finalizar cada cursista recebeu uma de lembrança um 
brigadeiro.Enfim, nossa Oficina de Gêneros Textuais foi um 
SUCESSO!!!!!!!!!!




segunda-feira, 4 de junho de 2012

FATO

ATIVIDADES
Dinâmica: Que amigo você me considera?


Realizamos esta dinâmica e as cursistas se divertiram muito!!!!

Abaixo relacionei os passos para a realização desta dinâmica que adaptei. 

MATERIAL NECESSÁRIO: 
01 – Tesoura; 
01 – Cola Branca; 
01 – Fita adesiva larga; 
150 – Palavras dos tipos de amigos recortados. 
Folha em branco (A-4), dependendo da quantidade de cursistas 

REALIZAÇÃO DA DINÂMICA 
Divida o grupo em duplas e peça que cada dupla cole com a fita adesiva larga o papel em branco A-4 nas costas de cada 
participante. Logo após, os cursistas passam a identificar seus colegas, colando na folha do verso das costas de cada um o tipo de 
amigo que ele considera. A dinâmica termina quando todos os papeis recortados com os tipos de amigos se esgotam. 

Em seguida, os dirigente da dinâmica solicita que cada cursista retire o papel das costas de cada um e contabilizam qual o 
tipo de amigo mais cotado para ele. Dando continuidade, o dirigente da dinâmica passa a falar o que significa qual o tipo de 
amigos, de acordo com a tabela abaixo. 



QUAL AMIGO VOCÊ ME CONSIDERA?

Amigo Nescau - Energia que dá gosto
Amigo BomBril - Mil e uma utilidades
Amigo skol - gostoso e desse redondo
Amigo nova skhin - dá vontade de EXPERIMENTÁ!
Amigo mar - vontade de ver todos os dias por ser lindo
Amigo Ponto Frio - O bonzão
Amigo Casas Bahia - Dedicação total a Você!
Amigo Toddinho - Companheiro de Aventuras
Amigo Sprite - Imagem não é nada
Amigo Redbull - Te dá asas
Amigo Brahma - O número 1
Amigo Nike - Just do it
Amigo Havaianas - Todo mundo usa
Amigo Telefônica Celular - A sua melhor companhia
Amigo C&A - Abuse e use
Amigo Free - Cada um na sua, mas com alguma coisa em comum
Amigo Avanço - Você usa, elas avançam
Amigo Maisena - Você mexe e ele engrossa
Amigo Telescópio - Te faz ver estrelas
Amigo Pilha - Te deixa ligadão
Amigo Cavalo - Dispensa comentários
Amigo Volkswagen - Você conhece, você confia



domingo, 3 de junho de 2012

video
Muito bom!!!!!
5º  Encontro

Diário do dia 15 de maio de 2012
Cursista:Adriana Martha Oliveira


      O 5º encontro do Pró-Letramento Alfabetização e Linguagem  aconteceu no dia 15 de maio de 2012.
      Nosso encontro iniciou-se com a tutora lendo a mensagem " Seria ou Baleia?".Após a leitura da mensagem deu-se início a aula com a abordagem do tema: Avaliação, diagnóstico e monitoramento.A tutora lançou uma enquete :Que intervenção irão fazer com os alunos que não conseguirem aprender?E o que a escola pode propor?
        Após muita discussão chegou a conclusão que se deve trazer novas formas de aprendizagem. 
        Foi apresentado vários slides sobre: Observação e registro, Provas Operatórias , Auto Avaliação e Portifólio.
       Devemos constatar que o exercício da avaliação deve ter coerência com as atividades trabalhadas em sala de aula.Nas provas operatórias observar se a criança acompanha o conteúdo proposto, se preocupar mais com a qualidade e não com a quantidade de atividades. E se o aluno apresentar dificuldades devemos devemos fazer a intervenção com todos.
      Tivemos uma pausa para o lanche  e após a retomamos com uma atividade avaliativa e levamos outra para ser desenvolvida em sala de aula.
      O encontro foi bem extrovertido, com a intervenção das cursistas relatando suas experiências.
      Tenho a convicção que o pouco que aprendermos será de grande valia para a avaliação de nossos alunos.




                     " Educar é semear com 
                         sabedoria e colher 
                                 com paciência".
                                                              Augusto Cury


Esta foi uma das leituras deleite do encontro desta semana.





SEREIA OU BALEIA?


UMA ACADEMIA DE GINÁSTICA CHAMADA RUNNER COLOCOU RECENTEMENTE UM OUTDOOR COM A SEGUINTE FRASE :
"Neste verão, você quer ser sereia ou baleia?"Ao lado, uma linda garota de biquíni.
Uma mulher enviou a sua resposta e distribuiu o seguinte e-mail por aí:"Ontem vi um outdoor da Runner, com a foto de uma moça escultural de biquíni e a frase: "Neste verão, você quer ser sereia ou baleia?" e respondi:
Baleias sempre estão cercadas de amigos.
Baleias têm vida sexual ativa, engravidam e têm filhotinhos fofos.
Baleias amamentam.
Baleias nadam por aí, cortando os mares e conhecendo lugares legais como os icebergs da Antártida e os recifes de coral da Polinésia.
Baleias têm amigos golfinhos.Baleias comem camarão aos montes.
Baleias esguicham água e brincam muito.
Baleias cantam muito bem e têm até CDs gravados.
Baleias são enormes e quase não têm predadores naturais.
Baleias são bem resolvidas, lindas e amadas.
Sereias????
Sereias não existem.
Se existissem viveriam em crise existencial perguntando: - Sou um peixe ou um ser humano? Não têm filhos, pois matam os homens que se encantam com sua beleza... São lindas mas tristes e sempre solitárias...
Runner, querida, prefiro ser baleia!

A academia Runner retirou o outdoor.










 Sorteio dos cadernos decorados.A cursista Cleusa foi a sortuda!!!!!  


 A segunda sortuda do dia: Meire Elen com a caixa porta-treco confeccionada e doada pela cursista  Cláudia.